Você Conhece Jade Bird?

Nascida em 1 de outubro de 1997 em Hexham Inglaterra, Jade Bird é uma das mais brilhantes, e promissoras artistas, que surgiram nos últimos anos na música indie!


Quem é Jade Bird


Filha de militares Jade viveu em diversas partes da Europa, incluindo uma base militar na Alemanha. Aos 16 anos entrou na Brit School, sim a famosa escola que, Amy Winehouse foi expulsa e formou Tom Holland e Rex Orange County, mas voltemos ao tema, a intenção de Jade era, aprimorar a sua atuação e fazer alguns shows no circuito de pubs de Londres. Nesse processo “Madeline” viralizou no Youtube, o que fez a Glassnote Records mostrar interesse na jovem.


Em julho de 2017 Jade lançou seu primeiro Ep, intitulado “Something American” e foi bem recebido pela crítica, arrancando da Rolling Stone “Seu vocal é Cru e Robusto” e de Tony Visconti “Ela canta de forma hábil, é uma cantora muito inteligente e não há nada que ela não possa fazer”. A faixa “Lottery” em janeiro de 2018, liderou a Triple A da Billboard.


Com tamanha repercussão, Jade fez turnê pelos Estados Unidos com Hozier, durante a turnê, escreveu as músicas de seu primeiro álbum, criativamente chamado “Jade Bird”. Creio que a criatividade foi gasta, ao longo das músicas e clipes, que estão interligados, pela linguagem que envolve todo o processo de criação.

Influências e Estética Musical


Jade Bird deixa clara influência, dos clássicos do Folk como Johnny Cash e ao mesmo tempo, te faz lembrar de artistas como Jannis Joplin, na faixa “Uh Huh” começando com um vocal normal, e de repente, surge um rasgado que faz inveja a muitos cantores de blues.

Além de ter um drive acentuado, a jovem alcança notas altas, com voz de peito com facilidade, demostrada nas faixas “Cathedral” e “If I Die”, na realidade ela faz isso em muitas músicas, mas ouçam essas e vocês vão entender o porque foram escolhidas.


Outra coisa que, chama atenção é, Jade Bird abre mão de Backing vocals e grava todas as vozes, SEMPRE! Isso justifica a sua fala durante uma entrevista a Paste Magazine em 2017:


“Eu sou uma pessoa muito vocal”

No entanto além de cantar, ela toca violão e piano, de forma não apenas intimista e envolvente, você pode sentir, a canção te envolvendo, e lentamente tudo vai sumindo e você se pega emocionado, esperando um ônibus. Queria poder falar um pouco, sobre os integrantes da banda, que acompanha Jade. mas o único, membro fixo é o guitarrista Will Rees, que faz um trabalho muito bom, porém tímido.


RESUMO DA ÓPERA

Jade Bird é uma artista que prioriza, estar envolvida em todo, o processo de criação das suas músicas. E isso trouxe resultados, como uma aparição no Late Show with Stephen Colbert, diversas aparições na BBC Radio 1 e tocar no Lollapalooza edição de Chicago em 2019.

Porém existe algo, que os números promissores não falam. Jade Bird consegue cativar, com a sinceridade que apresenta sua arte, abrir seus sentimentos sem medo, de maneira quase que hipnótica, a faz ser uma promessa. Jade Bird, não é apenas mais um nome!

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram