Serj Tankian tem esperança de que System Of A Down possa gravar novas músicas

"Estou muito orgulhoso do trabalho que fizemos com o System Of A Down, e isso me dá esperança", declara o vocalista


Depois que o System Of A Down lançou duas músicas inéditas após 15 anos, o vocalista Serj Tankian falou mais uma vez sobre o futuro da banda. Em uma entrevista ao Consequence of Sound, o músico falou sobre sua esperança de que System Of A Down possa gravar novas músicas. Serj também comentou muito também sobre seu recente documentário, Truth to Power e o novo EP, Elasticity.



Além disso, ele foi questionado sobre como foi voltar ao estúdio com seus companheiros de banda para gravar as faixas “Protect The Land” e “Genocidal Humanoidz”. As músicas foram gravadas com o intuito de ajudar a arrecadar fundos para a Armênia, que passa por uma situação delicada após conflitos com Azerbaijão e Turquia.

Honestamente, estou extremamente orgulhoso de nos unirmos pelo nosso povo e pela causa, em um momento em que o Azerbaijão e a Turquia não só atacaram os armênios em Artsakh com equipamentos militares, mas também atacaram a nação armênia com desinformação ao redor do mundo, usando a diplomacia do caviar ao longo dos anos. O Azerbaijão comprou muitos políticos e eles tentaram criar uma falsa paródia no jornalismo e na mídia – e conseguiram por um tempo.
  • Versão Medieval de 'Toxicity', do System Of A Down, ganhou a aprovação dos fãs


Durante sua explicação sobre os ataques ao povo armênio o músico destacou que as situações vividas não estavam sendo divulgadas corretamente e de forma ampla. Ele aproveitou para lamentar o atual estado do jornalismo investigativo.

Isso não aconteceria em um momento de verdadeiro jornalismo investigativo. E então tivemos que lutar contra isso e fizemos isso com sucesso com as músicas. E também, obviamente, não apenas aumentamos a conscientização, mas arrecadamos fundos para ajuda humanitária, e arrecadamos bastante dinheiro.

O Futuro do System Of A Down

O músico acrescentou em sua fala um assunto que muitos fãs estavam curiosos para saber: se o System Of A Down pode produzir um sucessor dos discos Mezmerize e Hypnotize, lançados em 2005.


A resposta de Tankian foi, de certa forma, positiva e isso surpreendeu alguns admiradores da banda que estavam sem esperanças após ele e o guitarrista Daron Malakian manifestarem publicamente suas divergências.

Então, estou muito orgulhoso do trabalho que fizemos com o System of a Down, e isso me dá esperança de que um dia possamos nos reunir e fazer algo novamente juntos. Acho que fomos capazes de fazer isso porque fomos capazes de deixar de lado nossas filosofias e até mesmo nossas diferenças criativas, e apenas dizer: ‘Quem tem uma música que vai funcionar?’ Porque neste ponto é apenas uma arma para a verdade e não sobre nós. E funcionou.

Mesmo passando 15 anos sem o lançamento de um novo disco, o System continua realizando turnês esporadicamente desde que retornou aos trabalhos em 2011, após um hiato de cinco anos.


Depois que a banda disponibilizou as músicas inéditas, eles liberaram no início deste ano um clipe poderoso para a faixa “Genocidal Humanoidz”, confira:

Sobre o System Of A Down


System of a Down (às vezes abreviado como SOAD ou System) é uma banda de metal armeno-americana formada em Glendale, Califórnia em 1994. É composta por Serj Tankian (vocais, teclados, guitarra), Daron Malakian (guitarra, vocais), Shavo Odadjian (baixo, vocais) e John Dolmayan (bateria). O grupo é conhecido pelas visões políticas e sociais que inserem nas letras de suas canções.


O System of a Down usa uma grande variedade de instrumentos, incluindo guitarra barítona, mandolins elétricos, sitar, violões de doze cordas entre outros instrumentos orientais. Suas principais influências são as bandas mais antigas de rock alternativo, como por exemplo Nomeansno, Primus e principalmente Faith No More, no qual muitas músicas tem um estilo vocal e andamento/peso parecidos, o que indiretamente também os levou a terem influências do heavy metal, punk rock, jazz, fusion, música folclórica da Armênia, rock clássico e industrial.


Bob Dylan: Low transforma o clássico “Knockin’ on Heaven’s Door” em indie; ouça

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram