3 Festivais Indies que você precisa Ir!

Atualizado: 3 de Dez de 2019

Iai Estranhos, beleza?


Aqui vai a lista de festivais indies que fazem a sua humilde existência nessa planetinha valer a pena! Separamos alguns dos eventos que trazem arte e interação de forma única.


Nossa equipe fez uma avaliação desses festivais com bastante cuidado, afinal, o que mais temos no mercado, são essas festas que se apropriam da estética underground para atrair jovens Hispsters. Aqueles que só vão para para gravar Stories e se esquecem de curtir algo autentico e encontrar artistas e pessoas legais.


O que mais levamos em consideração para esse Top 3, foram o numero de artistas de qualidade apresentados na Line up, localização e a proposta de evento.


1- Glastonbury Festival


Imagine você montando sua barraca na frente de um por do sol Inglês enquanto espera o show do Mac Demarco. Este é um dos conceitos do festival Glastonbury.



Vocês estão ligados que o Reino Unido é o berço da música moderna e guarda muitos artistas interessantes. O Glastonbury rola em Pilton, que fica no sudoeste da Inglaterra. Em 2017 o evento contou com Radiohead, The XX e Alt J.

Em 2019, os caras do Glastonbury levaram o Tame Impala, uma das bandas de maior influencia no cenário Indie psicodélico da cena. Grupo que trouxe grandes novidades estéticas com o allbum Currentes. Lançado em julho de 2015, esta obra deliciosa trouxe uma mistura de elementos do dance clássico dos anos 70, com a psicodelia ja trabalhada pela banda. Mescle tudo isso com uma leve melancolia amorosa e temos o belo allbum Currentes.


Mac Demarco foi outro dos caras de peso conceitual apresentado pelo festival. A Line de 2019 foi recheada, contando com Two Doors Cinema Club, Pond, Hozier, The Killers e até o clássico The Cure.


Com tanta banda incríveis é difícil escolher em qual palco ficar, o festival apresenta mais de 6 arenas, todas com estrutura e som de melhor qualidade. E a parte de Camping? O preço do seu ingresso, inclui acesso aos campos de camping, onde você pode montar sua barraca nas zonas de acampamento que se estendem ao longo do Festival.


Assim é só acordar, tomar um chá inglês e ir encontrar os seus artistas por ai. No quesito interação com a galera, o evento consegue integrar com respeito a diversidade cultural de diferentes países e pensamentos através da música indie. Então pode treinar o seu inglês, francês, alemão e árabe porque sempre tem gente do mundo todo por lá.



2- Best Kept Secret


Arctic Monkeys, Khruangbin e LCD Soundsystem brilharam em um festival no meio de um Parque de Safari lá nos Países Baixos. Rodeado por lindas paisagens florestais, rios e pessoas apaixonadas por musica de qualidade, o Best Kept Secret não vai ficar em segredo por muito tempo, não chamando artistas tão queridos pelo público. A idéia é do car#lho, o lugar é lindo e com as bandas tudo funciona. Se liga ai:


Para quem se interessa pelas raízes da musica eletrônica, este ano teve Kraftwerk trazendo o primeiro techno alemão para o meio do mato! A edição de 2019 foi do Synthpop ao rock dos Raconteurs. Para quem curte paz e harmonia, também rolou o show da Faye Webster.



3- Primavera Sound

Bom, de todos os festivais apresentados este se enquadra em um nível de abrangência um pouco mais extensa e comercial, mas não se deixe levar por estas classificações. O evento Primavera Sound traz artistas de estilos musicais bem diversificados. Na edição deste ano, tivemos o amadinho do Indie aparecendo aqui de novo, Mac Demarco com seu dream pop. Cara... O Demarco está em todas né?


Nina Kraviz , esteve presente e levando seu techno para acabar com a sanidade de qualquer um... mandou um set pedrada e deixou a galera de boca aberta. Muito respeitada no cenário do techno, Nina costuma fazer shows que te levam do zero ao high BPM com muita maestria. O chileno Boy Pablo, querido por todos os corações amorosos, também deu as caras com a sua banda em um show super divertido. Bem até ai tá ok? Na verdade não, este festival leva sua Line até o extremo, saindo para fora do Indie e mergulhando no pop da Miley Cyrus. Essa escolha acabou dando grande visibilidade ao festival e também acabou permitindo que públicos de nichos musicais completamente distinto se misturassem. E por fim, levou a galera de estilo mais comerciais a conhecerem nossos amados artistas independentes. Doidera né?


E vale a pena colar nestes festivais?


Bom, esses eventos levam muitas atrações originais e como você pode ver, para todos os gostos mesmo. Você pode juntar a sua galera, arrumar uma boa grana ou planejar seu mochilão, e partir para essa Eurotrip. Se aventurar por este continente que tanto influenciou a nossa cultura musical e artística, conhecer pessoas de "planetas" completamente diferentes e curtir com seus amigos... com certeza é uma experiência que vale muito a pena.


O que achou das nossas dicas, já foi em algum destes festivais? Se tiver uma recomendação deixa aí nos comentários! Caso não conheça alguns dos artistas citados ao longo deste artigo, deixamos destacado uma faixa especial para que você possa degustar nos links ao longo do post. Curta nosso insta e facebook para mais conteúdos musicais, arte e muito mais.


Até mais!


Conheça mais sobre a Só Wave aqui!


  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram