Guitarrista do Black Sabbath acreditava que a banda era guiada por um "quinto membro espiritual"

Tony Iommi diz: "Parece ridículo agora, mas sempre sentimos que havia alguém nos guiando"

Tony Iommi falou sobre como ele e seus companheiros de banda do Black Sabbath costumavam acreditar que estavam sendo “guiados” por um “quinto membro” espiritual.

O guitarrista falava em uma nova entrevista sobre sua antiga banda, que se separou em 2017 após a conclusão da turnê de despedida 'The End' .


“Parece ridículo agora, mas sempre sentimos que havia alguém nos guiando. Sentimos essa presença quando estávamos os 4 todos juntos em algum lugar. Era uma daquelas coisas a que nos referiríamos como sendo o nosso eu superior ou um quinto membro, cuidando da gente"


“Éramos tão próximos como uma banda, vivíamos sempre grudados um no outro desde o início, que nos tornamos como um só. Este quinto membro parecia muito real e na época para nós. ”


Tony continuou dizendo que sempre pareciam acontecer coisas muito estranhas com o grupo, citando um exemplo particular.


“Estávamos na van, por exemplo, e um de nós olhava pela janela e dizia:

Olha, tem uma lojinha de fish and chips ali. E assim que todos colocavam os olhos na loja, todas as luzes do estabelecimento se apagavam. Sempre havia coisas estranhas e meio sobrenaturais acontecendo com nosso grupo naquela época.”

É o Black Sabbath se tornou mais que uma banda, mas um fenomeno cultural que mudou a cena do rock dos anos 70, iniciando um novo gênero que daria muito pano para manga, o Heavy Metal.


Siga a Só Wave nas redes sociais, para mais notícias e curiosidades do mundo da música!


  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram