10 Discos para Ouvir na Quarentena!

Atualizado: 25 de Abr de 2020

Queremos cuidar da sua saúde mental durante esta quarentena. E nenhum remédio tem um gosto tão gostoso quanto a música! Por isso, trazemos um compilado de 10 discos que vai de novidades até o clássico. A intenção deste post é apresentar obras de diferentes gêneros, o que acaba deixando a lista bem eclética e interessante para diversos públicos e amantes de música!


Descubra 10 discos para ouvir na quarentena aqui


1- Starfucker - Being No One, Going Nowhere-(2016)

Podemos começar animando as coisas aos poucos, algo com uma pegada rítmica mais solar e descontraída, uma estética dance mas que não deixe de ser viajada. Para isso, o disco Being No One Going Nowhere é perfeito. Essa é a obra de uma banda muito boa e com o hype bem baixo aqui no Brasil. Se trata do Starfucker, banda indie que trabalha o synthpop e psicodelia, lá em Portland, Oragon.

2- Polo & Pan- live at Serre Monumentale in Paris, France for Cercle (2018)

Quebrando um pouco a expectativa e paradigmas, vamos de um set em vez de disco. Os incríveis DJs franceses Polo & Pan, que adoram uma boa música brasileira, merecem muito a sua atenção. Independente de ter afinidade com o gênero eletrônico ou não. A dupla francesa vai relaxar a sua mente e te levar para uma pista imaginária de dança, regada de tropicalismo, música ambiente e até um pouco de Tech-house. Vale muito a pena assistir esse set! Confere ai:

3- Pearl Jam – Gigaton (2020)

O aguardado décimo primeiro disco de estúdio do Pearl Jam, mesmo com muita espera e planejamento, acabou sendo lançado agora nesse período de caos. O álbum é uma viagem intensa por estilos, gêneros que influenciaram os músicos ao longo de toda a carreira. Este trabalho vai do Grounge dos anos 90, até o New Wave experimental. Um grande retorno para a banda e um puta presente para você. Se liga:

4- MONSTER HALLY- Adventures on the Floating Island (2019)

Aqui a gente esta falando de viajem para gente grande! Monster Hally é um músico de Ohio, um grande representante da humilde cena independente de colagem. Ao contrário do Lofi mais tradicional, que usa técnicas de gravação de "baixa fidelidade", os trabalhos de Monster Hally são muito bem produzidos.


Com grande influência da clássica música tropical, jazz, baladas 60 e psicodelia, o disco te leva para dentro de uma ilha mágica e exótica. Ao longo de 17 faixas, você experiencia diferentes texturas e atmosferas. Acha que aguenta? Então se joga. Uma obra perfeita para tomar um café, relaxar e até cozinhar. Sente ai:

5- Luvbites- Loud Fast Soul (2020)

Esse é o segundo disco da banda brasileira de Londrina, Luvibites. Você pode saber mais sobre o trabalho em nosso artigo sobre a banda. Todo o trampo do grupo é gravado em inglês e a masterização vem do disco vem da Inglaterra. A obra é assinada pelo Britânico Nick Graham Smith, que já produziu os lendários Sex Pistols. O álbum é uma grande viagem entre os 70s e 80s, em uma espiral de evolução que trás a nostalgia. As músicas variam entre a estética do Rock independente e de Rock clássico, tudo isso coberto por uma calda retro! Vale a pena conhecer:

6- Djonga- Histórias de minha área (2020)

Se você se amarra em rap, é claro que já deu uma conferida no disco novo do Djonga. Porém, se você é um entusiasta de música boa e não está tão familiarizado com o este estilo musical, vale a pena escutar este disco. Aqui você encontra letra reais do cotidiano da quebrada Brasileira, o disco é literalmente uma pedrada social atrás da outra. Isso acaba demonstrando como a realidade é a nossa maior aventura e como a vida pode ser dura e cruel. Confira abaixo:

7- Novos baianos- Acabou Chorare (1969)

Estamos sentindo falta do recém falecido Morais Moreira, fundador dos Novos Baianos, um dos grupos mais importantes da música popular brasileira. Você deve escutar o disco Acabou Chorare, lá você encontra o melhor do samba, rock, bossa, e da Bahia! Esse disco te leva por uma viagem de poesia, violão chorado e solo constante. O disco foi considerado pela revista Rolling Stone como o mais importante trabalho de MPB. Este é um presente criativo dos Baianos para toda a nossa nação, tendo o melhor da música, feita pelos melhores músicos. Escute:

8- Her's- Song of Her's

Se você curte o bom e velho indie de guitarras brilhantes e pegada vocal viajante, bem na onda Mac Demarco, você precisa curtir essa obra prima do Her's! Uma banda inglesa de indie rock de Liverpool, composta por Stephen Fitzpatrick nos vocais graves e guitarra, e Audun Laading no baixo e nos vocais de fundo. Esse disco acaba e recomeça e você continua lá viajando. Momentos melódicos, animados, calmaria tem de tudo. Um ótimo som para suas tardes de quarentena. Sente ai:

9- Hobo Johnson- The Fall of Hobo Johnson (2019)

O terceiro álbum do rapper é um mix de corações partidos, contos bizarros e momentos desajeitadamente relacionados e pode ser definido como um disco de puro caos. É uma pegada diferente e por ser original e variar em diversos gêneros vale a pena dar uma olhada. O disco tem uma vibe bem pra cima, letras acidas e humoradas. Bom para descontrair, dar uma animada e curtir uma estrutura diferente.

10-Plus: Playlists da Só Wave no Spotify!


Playlist Psicodélica- Para te fazer viajar sem sair de casa:


Chill Out Blue Boy- Uma playlist indie para relaxar:

Curtiu as dicas? Deixa um comentário ai e segue nossas playlists no Spotify!




  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram